Vai iniciar o uso do HENÊ? Leia essas dicas! PARTE I

Olá, pessoas :)

Vejo muitas pessoas loucas para usar o famoso "negão", o nosso querido henê que alisa e tinge de preto ao mesmo tempo. Essa postagem não é para falar de composição, efeitos etc., até porque isso você encontra facilmente ao procurar no google. Aqui vão as minhas dicas pessoais sobre o cuidado dos cabelos que pretendem tratar com henê ou já são tratados com essa química. Vamos lá?

1 - Escolha o henê certo para o seu tipo de cabelo
O henê é um alisamento progressivo, isso você já deve saber. Ele vai alisar o seu cabelo a cada aplicação, então nada de usar um henê mais forte do que seu tipo de cabelo. Aqui vão algumas sugestões:
Cabelos finos - prefira os henês em gel (suave ou médio). Ex. Pelúcia, Rená, Divina Dama.
Cabelos médios - opte pelos em gel, porém mais fortes. Ex. Absoluto, Pelúcia Forte, Alisador Ultra Negro
Cabelos grossos e resistentes - terão melhores resultados com os henês em pó; ou, ainda, podem ter mais paciência e usar os henês para cabelos médios. Ex. Henê Erva da Amazônia, Zilda, dentre outros.

Caso você escolha um henê incompatível com seu tipo de cabelo, você poderá ter QUEBRAS! Então, as palavras são: PACIÊNCIA E PERSEVERANÇA.

2 - Evite o uso da QUERATINA
Não estou dizendo para que você pare totalmente de usar a queratina, mas opte por utilizar reconstruções que sejam a base de creatina, por exemplo. Gosto muito da linha Antiage da Amend e do Flúido Reconstrutor da Amávia.

Caso você use henê que contenha queratina, abuse de umectações para devolver a elasticidade dos seus fios. Excesso de queratina causa rigidez e quebra dos fios.

3 - Se possível, FIQUE COM APENAS UM TIPO E MARCA DE HENÊ e seja fiel a ele. 
Não estou dizendo que nunca você deva mudar, mas o IDEAL seria você focar em apenas uma marca, atingir o liso com ela e manter seu liso com ela também. Algumas marcas de henê diferem na composição e seu cabelo pode não curtir muito e também gerar uma quebra ou até queda. 
Se você pensar em mudar de marca, aconselho a dar uma pausa de uns 20-30 dias, fazer um cronograma capilar caso seu cabelo esteja fragilizado e um teste de mecha com o novo henê que pretenda usar.

4 - EVITE MISTURAS NO HENÊ
Não misture produtos alimentícios ao henê nem algum outro componente químico. Utilize o henê conforme manda o fabricante. 
Inclusive, tenho um post aqui no blog sobre técnicas, que será reeditado falando sobre isso. 
CUIDADO COM TÉCNICAS MILAGROSAS! Nenhum cabelo é igual ao outro. Analise seus cabelos, se informe.

5 - QUEBRAS

A) Cabelos elásticos - faça reconstruções. Se possível, utilize produtos a base de creatina, proteínas do trigo...
B) Cabelos rígidos - faça umectações/nutrições e hidratações. Não tenha preguiça de umectar! Umecte ao menos 2x por semana.

Em breve mais dicas!!!

Obs.: Baseado no meu uso de henê (no meu cabelo, no da minha sogra e da minha cunhada).

Beijos e até a próxima!


Receita para quebra: cabelo que usa henê!!!

Olá, pessoal!
Segue uma receitinha muito boa para acabar com a quebra dos cabelos que usam henê:

20-30 ml de azeite de oliva extravirgem ( de boa marca)
5 ml de óleo de rícino
10 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta

Misture todos os óleos em um recipiente plástico. Aplique na raiz dos cabelos massageando por alguns minutos. Durma com ele na cabeça, ou deixe por, pelo menos, duas horas.

Retire dos cabelos com um bom shampoo e condicione. Caso seus cabelos estejam muito frágeis, faça uma nutrição ( veja a postagem sobre nutrição capilar aqui no blog).

Repita uma a duas vezes na semana até obter o resultado esperado.

Beijinhos...

Meu cabelo está com quebra... e agora?

Olá meninas e meninos,

Vejo constantemente perguntas do tipo: Meu cabelo está quebrando, o que faço? Ou então, pedidos desesperados de ajuda por causa de quebras. E não é pra menos, quebra de cabelo preocupa, e muito!
Eu passei duas fases de quebra capilar: uma quando eu usava guanidina e outra quando passei a usar o henê por cima da guanidina e o cabelo não resistiu.

Com a minha experiência, pude verificar que a quebra dos fios acontece por dois motivos principais: falta de elasticidade ou cabelo elástico. E você precisa identificar como está o seu cabelo para poder reverter o quadro, já que em cada uma dessas situações você deverá investir em etapas distintas do Cronograma Capilar.

Falta de elasticidade - um cabelo com falta de elasticidade se parte facilmente, mas ele é rígido. Ele se parte por não ter maleabilidade nenhuma. Aqui, é como se o cabelo fosse tão rígido, que "ele vai, mas não dá tempo de voltar, e se parte" quando você o estica....rs. 
Para solucionar a falta de elasticidade, invista em umectações. Mas, devem ser constantes, umas 3x por semana e muita nutrição capilar. Espace mais as reconstruções, invista em hidratações e nutrições. Eu usei óleo de amêndoas doces com óleo essencial de hortelã-pimenta e foi maravilhoso para os meus fios (na umectação). Usei também o Joico Moisture Recovery que é uma nutrição muito potente. Dentre as marcas nacionais, tem o Dove Óleo Nutrição, e também o azeite de oliva e o azeite de dendê que podem ser misturados às máscaras.

Cabelo elástico - é como se o cabelo fosse um elástico. Você o estica e ele fica como uma borracha e parte. Digamos que ele tem excesso de maleabilidade, de moleza...rs
Nesse caso, invista em reconstruções, em reposição de massa. Passe um tempo sem umectações, sem nutrições, espace-as mais. Reconstrua 1x por semana, faça cauterização. Um bom kit de cauterização é da Keramax, e uma boa reconstrução é a Max Keratin da Novex. Outro kit maravilhoso, porém mais caro, é o RMC da Amend, o azul. 

É complicado conseguir explicar a diferença. Mas, analise seus fios que acredito que você  consiga identificar. 

Espero ter sido útil. Lembrando que você continuará fazendo todas as etapas do cronograma, mas dará prioridade a outras de que seu cabelo necessita mais.

Beijos, e qualquer dúvida, estamos aí.

Montando um Kit de Máscaras para Cronograma Capilar com R$ 50,00!!!

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje o post é sobre como você consegue montar um kit para fazer o seu cronograma capilar com pouco dinheiro. Nem todo mundo tem condições de gastar R$ 100,00 ou R$ 200,00 em uma única máscara, não é mesmo? Então, resolvi fazer esse post com algumas dicas de produtos BB (bons e baratos) que vão caber no seu bolso e ainda te deixar com belíssimos cabelos.

Vamos lá?

1ª Etapa - Hidratação 
a) Clinihair Controle de Queda - R$ 14,00
b) Head & Sholders - R$ 7,00
c) Wella ProSeries Hydration - R$ 10,00
d) Yamasterol amarelo - R$ 5,00

2ª Etapa - Nutrição
a) Dove Óleo Nutrição - R$ 10,00
b) Elseve Nutrição 10x - R$ 8,00
c) Novex Azeite de Oliva - R$ 10,00

3ª Etapa - Reconstrução
a) Max Keratin Novex - R$ 12,00
b) Carga de queratina da Keramax - 10,00

Até aqui você teria gasto aproximadamente  R$ 36,00, considerando as máscaras mais caras.

Daí você pode incluir:

- para batizar a hidratação - GLICERINA - em média R$ 5,00
- para batizar a nutrição - AZEITE DE OLIVA extravirgem - em média 8,00

Pronto!!! Seu cronograma está prontinho. Se você quiser, e tiver sobrado um dinheirinho, compre vinagre de maçã. Uma vez por semana, dilua em média 2 colheres de sopa para 250ml de água e use no último enxágue dos seus cabelos. Ele serve para selar as cutículas...mas isso é assunto para outro post!rs

Beijos e até a próxima!
*Sujeito a alterações!!!

Head & Sholders
Wella ProSeries Hydration
Clinihair Controle de Queda

Elseve Nutrição 10x

Dove Óleo Nutrição


Novex Azeite de Oliva
Keramax - Carga de queratina
Max Keratin Novex



Especial para quem usa HENÊ - dicas para alisar a raiz!

Nesse post reuni quase todas as dicas que testei para alisar a raiz de quem usa henê. Algumas deram certo, outras nem tanto. 

Lembro que não vou citar quem deu as dicas para que não seja injusta e dê os créditos às pessoas erradas. Mas as dicas não são de minha autoria! Apenas as recolhi, testei e vim fazer a postagem. 

Enfim, vamos lá?

1- Escovar e pranchar bem os cabelos e passar henê. No outro dia passar henê de novo. 
2 - Henê em pó + henê em gel + açúcar (substituir o creme branco por henê em gel na hora de preparar o henê em pó (exceto Zilda) - PODE CAUSAR QUEBRA POR AFINAR DEMAIS OS CABELOS***
3 - Passar o henê de frente para trás - começar pela frente (Técnica FT ou TF)
4 - Passar o henê e não abafar nem prender, deixar os fios bem esticados. (Dá muito certo com o Alizador Super Negro em bisnaga, forte) 
5 - Passar henê, deixar 30 minutos sob abafamento, depois passar o pente fino e deixar mais 30 min - sem abafar e com o cabelo esticado
6 -  Passar henê alisando com escova de cerdas duras cada mecha. O CABELO DEVE ESTAR FORTE, CASO CONTRÁRIO PODE CAUSAR QUEBRAS***
7 - Passar o henê rodando como se fosse fazer touca nero, depois colocar efetivamente a touca nero
8 - Umectar no dia anterior, na manhã seguinte usar a  técnica da escova passando henê forte por cima (ideal para quem está com quebras)
9 - Henê com 2 colheres de sopa de mel aquecido em banho-maria. Passar todo o tempo da aplicação com a tigela dentro da vasilha com água quente usada no banho-maria (fica um brilho incrível e ajuda a alisar). AQUECER O HENÊ PODE MUDAR SUA QUÍMICA. O IDEAL MESMO SERIA FAZER UMA HIDRATAÇÃO COM MEL, SEM MISTURAR O MEL AO HENÊ***
10 - Henê erva da amazônia (caixa verde e laranja) feito com água no fogo, como se fosse o henê zilda. ESSA DICA FOI DO FABRICANTE QUANDO LIGUEI PARA LÁ!***
11 - Passar henê cada mecha e ir secando com o secador.
12 - Pranchar o cabelo cada me
cha e ir passando henê aquecido por cima da mecha ainda quente.
13 - Colocar touca térmica nos últimos 20 minutos da aplicação do henê.

** Você pode juntar duas ou mais técnicas que forem compatíveis! 

Esse post poderá sofrer alterações conforme forem surgindo novas técnicas. Caso alguma técnica não esteja aqui, deixe um comentário que eu adiciono.

Espero ter sido útil!

Beijos, e até a próxima!

***Reeditado em 29/04/2016.

Cronograma capilar eficaz e barato - Etapa Reconstrução - Novex Max Keratin

Olá meninas e meninos, tudo certo?

A partir de hoje vou testar produtos bons e baratos que se encaixam no Cronograma Capilar e que são maravilhosos. Vou resenhar cada um deles pra vocês.

Neste post, falarei de um produto que se encaixa na etapa de reconstrução: Novex Max Keratin, da Embelleze. 


Antes de falar sobre ele, porém, gostaria de fazer uma ressalva, pois muita gente não curte os produtos da Novex, por achar que eles não cumprem o que prometem. Eu, particularmente, curto pouquíssimos produtos da linha, mas sugiro que você experimente esse reconstrutor. Vale a pena investir em média R$ 10,00 num vidrinho desse de 250ml, você não vai se arrepender!

Minha resenha:

O produto é transparente, parece uma geléia, só que mais ralinha e os fios absorvem muito bem. Tem que ter cuidado pra não passar demais, porque a sensação é de que você não passou o suficiente, sabe?

Espalhei bem nos fios, mecha a mecha, depois esperei 15 minutinhos - abafado em touca metalizada.
O cabelo fica rígido, efeito da reconstrução e sinal que é uma boa reconstrução, então o fabricante sugere que você aplique uma máscara depois que enxaguar. Foi o que fiz! Apliquei a Clinihair Antiqueda da Niely com 1 tampinha de glicerina.
Sério, foi só amor!!! Não fico mais sem essa queratina! E ela é bem potente, viu? Você sente o cabelo mais forte, mais encorpado. E depois com a máscara de hidratação, os fios ficam mais macios, desaparece aquele efeito de fio duro!

O fabricante sugere usar da seguinte forma:
- 1º mês - 1x na semana
- 2º mês - de 15 em 15 dias
- Depois, 1x por mês.

Aqui vai a composição dela:
ACQUA, PPG-5 CETETH-20, HYDROLYZED KERATIN, HYDROXYETHYLCELLULOSE, PARFUM, BENZYL SALICYLATE, D-LIMONENE, ACRYLAMIDOPROPYLTRIMONIUM CHLORIDE, ACRYLAMIDE COPOLYMER, HYDROLIZED WHEAT PROTEIN, LACTIC ACID, SODIUM HYDROXIDE, METHYLISOTHIAZOLINONE, METHYLCHLOROISOTHIAZOLINONE

É isso, espero que tenham curtido!!! Beijos e até a próxima!


Não sabe se seu cabelo está precisando de reconstrução? Dê uma olhadinha nesse post  http://mundodamoreninha.blogspot.com.br/2013/09/cronograma-capilar-algumas-dicas-para.html


Como classificar as máscaras dentro do cronograma capilar?

Tudo bem, pessoal? Esse post é bem simples para ajudar na classificação das máscaras que você tem em casa e não sabe como classificá-las de acordo com o cronograma capilar. Lembro que este post será atualizado em breve, quando eu dispuser de mais tempo para as pesquisas. A princípio, para que vocês consigam classificar as máscaras, aí vão algumas dicas:

*Em primeiro lugar observe a ordem em que os ingredientes da máscara são colocados. Em geral, quando estão especificados logo de início são porque possuem maior quantidade.

1 – Máscaras hidratantes – Glicerina Vegetal ou Glicerina, Bepantol, Extrato de Plantas Botânico, Proteína Elastina e Colágeno, Panthenol, Aloe Vera, Silicones, Álcoois modificados, Açúcar, Proteína de aveia, Proteína de arroz, Proteína da Seda, Proteína Hidrolizada da Soja, Proteína Hidrolizada do Milho.

2 - Máscaras nutritivas – óleos e manteigas presentes na formulação (oil – ex.: argan oil, butter- manteiga), Manteiga de Karité, Manteiga de Cacau, Manteiga de Cupuaçu, Manteiga de Abacate, Manteiga de Macadâmia, Manteiga de Tutano, Manteiga de Murumuru,  Manteiga de Argan, Óleo de Coco, Óleo de Oliva, Óleo de Abacate, Óleo de Tutano, Óleo de Karité, Óleo de Argan., Ceramidas.

3 – Máscaras reconstrutoras – possuem colágeno hidrolisado, queratina, proteínas ( do trigo, da seda), elastina, creatina, cisteína.

Algumas máscaras têm mais de um grupo de aditivos, cabe a você ver o efeito que ela dará em seus cabelos! Se sentir o cabelo macio, leve, a máscara fez o efeito hidratante nos teus fios. Se o cabelo, por outro lado, ficou mais encorpado, brilhoso, sem frizz, a máscara deu um efeito nutritivo. Agora, se o seu cabelo ficou mais forte e resistente, como se tivesse ganhado corpo e massa, sem muito brilho, a máscara é reconstrutora.

Nada melhor do que você reunir suas máscaras, olhar a composição delas e depois fazer uso analisando como ficaram seus cabelos.
Espero ter ajudado!

*Lembrando que esse post é sobre conhecimentos pessoais! Não sou profissional do ramo.


up